O perigo dos Bikefits "em viagem"...

"Deslocam-se a lojas? E a sedes de clubes? Fazem descontos a grupos realizados no mesmo dia?"

Continuamos a receber estas perguntas, e apesar de já termos falado sobre o tema, vamos dizer mais uma vez: não!

Porquê?

Já o explicámos, mas vamos fazer de novo para quem não viu o tópico anterior. Para melhor perceberem, vamos usar o caso do cliente que recebemos hoje de manhã.

4 horas! Foi este o tempo que demorámos com este cliente (duas bicicletas)... E não iremos ficar por aqui, pois ainda nos fará outra visita.

Dismetria de pernas, que levou a uma compensação da bacia, hipertrofia de uma perna, escoliose, 2 cirurgias prévias... Não sabemos se é de ser Sexta-feira 13, mas este foi o "menu" da manhã.

Já aqui dissemos que para haver uma deslocação a onde quer que seja, tem de haver uma rentabilização da mesma. Assim, seria impossível fazer 2/3 clientes por dia, tal como nós fazemos habitualmente. Teríamos de fazer 5, 7, 10... Para que a viagem compensasse.

Se o queremos fazer? Não!

O nosso objectivo é qualidade máxima do nosso serviço, atenção e um tratamento totalmente personalizado. Se nos deviassemos deste nosso rumo, seria impossível gastar 4h num Bikefit e seria impossível detectar todos estes problemas, de forma a tentar resolvê-los.

Esta é a principal razão de não nos deslocarmos, pois numa deslocação facilmente se corta na atenção, e se aumenta a rapidez para se rentabilizar. Dessa forma corríamos o risco de perder determinados pormenores e dessa forma deixar BikeFits "meios feitos".

Sabemos que é mais cómodo para os clientes, quando existem grupos, quando as pessoas são de longe, mas preferimos perder 2 ou 3 clientes a deitar por terra tudo o que temos feito nos últimos meses. Claro que nos preocupamos com as questões financeiras desta opção, mas preferimos manter esta forma de estar, do que olhar apenas para números.

E se mesmo assim não perceberem como mantemos a nossa empresa com 2/3 clientes por dia (depende do número de bicicletas), ou se acharem que 4h é um exagero para um Bikefit (duas bicicletas), deixamos esta pergunta:

Se um dia precisarem de ser operados, vocês vão a um hospital central, ou ficam à espera que o cirurgião venha a vossa casa, ou ao centro de saúde da vossa vila ou aldeia, com alguns instrumentos?

Bikefit é uma questão de saúde... Não de moda, mentalizem-se disso!

Boas pedaladas!